24 de setembro de 2020 - 18:36

? ºC Cuiabá-MT

Política

13/09/2020 11:49

Por sugestão de Pivetta, PDT fecha apoio ao Senado a Euclides

O advogado Euclides Ribeiro (Avante) oficializou, durante convenção partidária neste sábado (12), a candidatura para disputa da eleição suplementar ao Senado Federal, com forte apoio do Partido Democrático Trabalhista (PDT), por sugestão do vice-governador Otaviano Pivetta, que participaria do pleito, mas recuou de sua candidatura. Euclides segue dialogando com outras sete siglas e deve finalizar a construção de sua chapa junto desses partidos até a próxima quarta-feira (16), quando serão anunciadas suas suplências.


No evento, o presidente do PDT em Mato Grosso, deputado Allan Kardec, avalizou o apoio do partido à candidatura de Ribeiro e disse, durante seu discurso, que o nome do advogado foi uma sugestão de Pivetta.

“O Pivetta nos deixou livre, mas pediu que avaliássemos com carinho o nome do Euclides. Eu não o conhecia, mas passei a conviver com ele nos últimos dias, me despi dos meus preconceitos, e agora não tenho dúvidas de que ele é a voz que irá melhor representar Mato Grosso no Senado Federal”, contou o deputado.

Ao lado da família, o advogado relembrou sua origem, o trabalho prestado no âmbito jurídico que, segundo ele, permitiu salvar mais de 200 mil empregos no País e se emocionou ao se dirigir aos filhos para explicar o que o motivou a enfrentar novos desafios e ingressar na vida pública.

“Que honra e que emoção. Estou acostumado a falar em público, mas nada se compara a falar pra quem realmente importa, que são os cidadãos mato-grossenses. Eu pergunto a vocês, por quanto tempo mais seremos escravos desse sistema perverso? Eu denunciei tudo isso e ganhei, dentro do Poder Judiciário, mas eu acredito que agora é pouco, porque sei que tenho a possibilidade de, através da política, resolver esse problema de uma vez por todas, com novas leis que vão privilegiar o trabalho, em detrimento da especulação financeira do qual somos escravos há mais de 30 anos”, disse o pré-candidato.

“É contra isso que eu vou lutar e é por isso que eu prometo, diante da minha família que aqui está, dos meus filhos que estão aqui me assistindo. Acredito que o exemplo arrasta, então eu quero que meus filhos saibam que o pai lutou demais. Eles ficavam bravos, não entendiam por que eu queria entrar para a política, mas o papai não consegue mais viver dentro de casa, sabendo que lá está tudo bem, mas que lá fora existe tanta desigualdade e endividamento. Ver todas essas pessoas sofrendo, eu não consigo mais”, completou Euclides.
Além do PDT, a candidatura do advogado de 46 anos conta com apoio do Partido Republicano da Ordem Social (PROS). O deputado João Batista, que é presidente do PROS em Mato Grosso, destacou em sua fala que com a formação desta coligação, carregada de bons nomes, como o de Euclides Ribeiro, de Gisela Simona e do Maestro Fabrício Carvalho, o caminho tem tudo para colher bons frutos nas próximas eleições.

“São nomes leves, nomes limpos, e com a formação dessa chapa, eu não tenho dúvida nenhuma que conseguiremos levar o nome do Euclides Ribeiro a todos os 141 municípios de Mato Grosso”.
 
Em sua primeira disputa a um cargo político, o especialista em recuperação judicial, discursou sobre o que vai defender em Brasília.
 
“Quero combater a velha política que está no poder para manter apenas seus interesses corporativistas. Vou trabalhar para que Mato Grosso seja ainda mais produtivo e para isso quero trabalhar no Senado pela redução dos juros, temos que dar oportunidade justa para as pessoas empreenderem sem serem extorquidas pelos bancos. Só em Mato Grosso, nosso estado rico, celeiro do Brasil e do mundo, mais de um milhão de pessoas estão endividadas, nesta situação. Um terço da nossa população. Quero trabalhar por essas pessoas que querem crescer e cuidar de suas famílias. É por este Mato Grosso mais justo que quero trabalhar”, explicou.

Copyright  - A Noticias de HJ - Todos os direitos reservados  - contato@noticiasdehj.com.br