08 de julho de 2020 - 05:00

? ºC Cuiabá-MT

Cidades

29/06/2020 15:45

Barão de Melgaço faz barreira para examinar e conscientizar visitantes

A prefeitura de Barão de Melgaço (distante 109,2 km de Cuiabá, no chamado Baixo Pantanal), encontrou uma maneira criativa de chamar a atenção dos visitantes que procuram a cidade durante a pandemia. Numa barreira sanitária montada na entrada município, servidores da secretaria municipal de Saúde abordam os veículos que chegam sob a faixa onde se lê: “Você está vindo visitar sua família? Se você realmente a ama, volte para sua casa. A saudade não mata, mas o Covid-19 sim”.

A medida foi tomada pelas autoridades locais para conter o avanço do novo coronavírus. De acordo com a secretaria de saúde, além de controlar a entrada de pessoas na cidade, a barreira sanitária também tem o objetivo de fornecer orientações aos visitantes, além de medidas de proteção e identificação de possíveis sintomas da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

O município atrai um grande número de visitantes, muitas delas ligados a pescaria, no período em que a prática é liberada. Na região, uma das mais bonitas do Pantanal mato-grossense, onde estão localizadas as baias de Siá Mariana e Chacororé, há vários rios e cerca de 300 espécies de peixes.

 

De acordo com a assessoria da prefeitura, o objetivo da barreira sanitária é potencializar as orientações sobre o distanciamento e evitar uma contaminação em massa.

Além disso, como parte das medidas de prevenção à pandemia, a prefeitura decretou o uso obrigatório de máscara, implantação de álcool em gel nos estabelecimentos comerciais e distanciamento social para evitar o colapso na saúde e propagação do vírus no município.

Segundo a Secretaria de Saúde do Estado de Mato Grosso (SES), o Estado já registrou cerca de 14.654 mil casos confirmados e mais de 554 mortes até o último domingo (28).

Atualmente a cidade de Barão de Melgaço conta 12 casos notificados, sendo 02 confirmados de Covid-19 e 10 casos em acompanhamento. A capital, Cuiabá, chegou a 3.570 casos confirmados, aumentando a preocupação dos outros municípios da baixada cuiabana que estão tomando medidas preventivas para não haver contaminação em massa.


Copyright  - A Noticias de HJ - Todos os direitos reservados  - contato@noticiasdehj.com.br